BAIXADA
 
Mesquita firma parceria com Instituto Nacional de Educação de Surdos (INES)
 

Mesquita será uma das poucas cidades do Estado a ter uma Central de Libras para o atendimento dos deficientes auditivos do município. Os detalhes para a implantação deste serviço começaram a ser acertados numa reunião da Coordenadoria Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência (CORDEF), ligada à Subsecretaria de Direitos Humanos, e representantes do Instituto Nacional de Educação de Surdos (INES), nesta quarta-feira, 20/03. O encontro marcou o início de uma parceria entre a prefeitura e o instituto.
A ideia da Central de Libras é que a cada vez que um deficiente auditivo busque um serviço público na cidade, ele e o profissional responsável pelo atendimento, acessem um sistema onde um especialista na Língua Brasileira de Sinais (Libras) passe a acompanhar a conversa e ajude na tradução. Este é um serviço de ajuda técnica chamado de VideoLibras (tradução simultânea) e vai valer principalmente para o atendimento de saúde.
Além disso, servidores do município serão treinados para que a cidade amplie a formação dos tradutores de libras e qualifique os funcionários públicos para atender de forma mais qualificada a população surda, principalmente sua parcela infantil, que frequenta as unidades de saúde e de educação.
"Uma das maiores dificuldades da oferta de um serviço público mais inclusivo é a formação deste funcionalismo. A Coordenadoria Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência veio hoje aqui, para que em parceria com o Instituto Nacional do Ensino dos Surdos, consigamos fazer com que Mesquita seja uma cidade a oferecer essa qualificação. Esta é uma iniciativa pioneira na Baixada Fluminense", ressaltou o subsecretário de Direitos Humanos, Flávio Rossini.
Esta não é a primeira iniciativa de inclusão iniciada pela prefeitura. Na educação, a secretaria municipal tem uma Coordenação de Educação Inclusiva, e ainda conta com Escola Municipal Marcos Gil (Núcleo de Educação Especial), seis classes especiais e 4 salas de recursos. Recentemente 14 intérpretes de Libras, 6 guias de cegos foram contratados.
A prefeitura também criou, em 2018, o Programa Transporte Eficiente com uma Van e um Ônibus adaptados, que servem para o deslocamento de pessoas deficientes, desde idas e voltas para consultas médicas e até a passeios e atividades coletivas de lazer.

 

 

Publicidade



 
 
 
 
navegue aqui
colunas
 
Empresa Jornalística Real ZM Notícias Ltda
   
Rua Bahia, 529 - Nova Iguaçu - Cep.: 26282-010
   
FUNDADOR: Manoel Batista de Almeida
 
» Artigos: Jayme Soares
 
Diretor Comercial: Marcelo de Souza Almeida
   
Diretora Administrativa: Michelle de Souza Almeida
 
Copyright 2013 ZM Notícias - Todos os direitos reservados